We Are Social Mashup #22

por Leslie Orsioli em Notícias

ECAD cobra blogueiros por execução de vídeos no YouTube
E o mais recente vexame fica por conta do ECAD, que resolveu exigir que blogs que postam vídeos do YouTube paguem direitos autorais. Obviamente, a polêmica decisão causou uma enxurrada de críticas dos internautas, que ficaram revoltados com a cobrança. O Youtube se manifestou em um post no seu blog, onde criticou a medida do ECAD:

O ECAD não pode cobrar por vídeos do YouTube inseridos em sites de terceiros. Na prática, esses sites não hospedam nem transmitem qualquer conteúdo quando associam um vídeo do YouTube em seu site e, por isso, o ato de inserir vídeos oriundos do YouTube não pode ser tratado como “retransmissão”. Como esses sites não estão executando nenhuma música, o ECAD não pode, dentro da lei, coletar qualquer pagamento sobre eles.

O ECAD voltou atrás em sua decisão, mas alega que, embora não tenha interesse em cobrar blogs e sites de pequeno porte,  a cobrança não é indevida:

(…) se uma rede social como o You Tube, por exemplo, efetua o pagamento do direito autoral pela execução pública musical dos vídeos que veicula, o uso destes por terceiros caracteriza uma nova utilização, cabendo, portanto uma nova autorização/licença e um novo pagamento.

As marcas mais lembradas pelos internautas no Brasil
Uma pesquisa do Instituto QualiBest mostra qual são as marcas de moda mais lembradas pelos internautas brasileiros em seis categorias diferentes: Adidas, Avon, DeMillus, Lojas Marisa, Levi’s e Nike.

A pesquisa também revelou que a principal fonte de informação sobre o assunto para 79% dos participantes é a internet, contra 48% para as mídias impressas e catálogos

We Are Social no mundo todo
A grande notícia dessa semana é que a We Are Social chegou a Nova York, nosso oitavo escritório no mundo. Para aqueles que seguem a nossa trajetória desde o começo, sabem que era apenas questão de tempo, e mal podemos esperar para começar a fazer a diferença  nos Estados Unidos também.

Crescimento do Facebook diminui, Twitter continua crescendo
A base de usuários do Facebook ainda é muito maior do que a do Twitter, e o atual crescimento de dois dígitos do microblog tem prazo de validade.

Embora seja esperado que os números do Twitter dobrem até 2014, eles ainda serão uma fração da base de usuários que o Facebook tem.

Listas de interesses, API de, animações nas abas e novo design do app móvel do Facebook
O Facebook permite que usuários agora adicionem seus interesses a listas, e sigam coleções de páginas, assinaturas ou de amigos, de uma forma similar às listas do Twitter, mas ainda mais parecidas com os círculos do Google+. O Facebook permite a listagem desde 2007, mas a maioria dos usuários não utilizou o recurso. Com o Facebook agora promovendo listas curadas por celebridades, a rede social está claramente promovendo a ferramenta, assim como fizeram com as enquetes no começo do ano passado.

Além disso, em seu primeiro sinal de resultado da compra do Gowalla, o Facebook quer se tornar o backbone de seus dados de localização por meio de APIs atualizados, que vão permitir que as localizações enviadas por outros apps existam como uma camada na sua Timeline. Os serviços de check-in poderão puxar os check-in de seus amigos feitos em outros serviços, e criar assim maiores chances de encontros, o que é bem bacana.

O Facebook também fez uma atualização para as páginas, as marcas agora podem ter animações e vídeos em apps e abas executados automaticamente, sem que a interação seja iniciada pelo usuário, mudando as políticas pré- Timeline.  Com uma animação já sendo executada, ficará mais fácil para as marcas engajarem seus fãs.

Na parte de mobilidade, usuários do aplicativo do Facebook agora podem curtir e comentar com um único clique, a partir de seus News Feed, no novo design.

Atualizações importantes para as páginas de marca no Twitter
Parece que o Twitter aprendeu algo com o Facebook e o lançamento da nova Timeline para empresas, e está planejando mais atualizações visuais para as páginas das marcas que estão gastando com a rede. Embora o Twitter ainda não tenha divulgado dados específicos, os rumores dizem que, em breve, e-commerce, concursos e sorteios estarão disponíveis diretamente no site. O Twitter também continua a melhorar as suas opções de linguagem, adicionando árabe, farsi, hebreu e Urdu na semana passada, com o objetivo de continuar a expandir a sua base.

Executivo do Google diz: Talvez você esteja fazendo isso errado
O Google+ não é uma cidade fantasma segundo Vic Gundotra, VP sênior de engenharia do Google. Ele refutou as alegações de que o Google+ é terra de ninguém, com estatísticas sobre o rápido crescimento da rede, destacando os 100 milhões de usuários ativos em 30 dias. Você não consegue ver nenhuma postagem? Talvez sejam as configurações de privacidade. Achamos essa explicação um pouco dúbia.

Trazendo novos usuários para o Foursquare
O Foursquare, e seus similares foram rapidamente adotados pelos geeks, mas agora o Foursquare quer chegar ao usuário médio de smartphones por meio de ofertas. O serviço de localização espera que parcerias com empresas “onipresentes” e do cotidiano trarão aqueles que não são tão ligados em tecnologia para seu lado.

Pinterest continua subindo nos rankings
No mês passado, o Pinterest ultrapassou o Twitter como fonte de tráfego de referência para sites com o widget Shareaholic :

O AddThis também deixou os seus leitões darem uma olhada nos analytics do site e, talvez como resultado de tantos compartilhamentos, o crescimento do Pinterest continua a surpreender:

Quanto tempo até o Pinterest se igualar ao Twitter?

American Express: Sincronizar. Twittar. Salvar.
A American Express está permitindo que seus clientes tenham acesso a ofertas em uma série de lojas, twitando hashtags de ofertas especiais de empresas como McDonald’s, H&M e Best Buy. Com uma mecânica tão fácil para obter o desconto – basta retwitar – não fica muito claro o quanto a iniciativa é benéfica para o engajamento, mas não deixa de ser um passo interessante para o comércio social.

Walgreens lança resgate via código de barras no Foursquare
O Foursquare ficou ainda mais útil, pelo menos nos Estados Unidos. Por muito tempo, era praticamente impossível resgatar uma oferta especial, pois os caixas em qualquer grande rede não faziam a mínima ideia do que estava acontecendo.

A rede de drogarias americana Walgreens trouxe uma oferta especial, que cria um código de barras na tela do celular, que pode ser escaneado no caixa. Pode parecer simples, mas é algo que pode mudar o jogo para os check-ins móveis.

bmi lança loteria no Pinterest
O Pinterest é o hype do momento, e as empresas querem fazer parte disso. Mas a loteria no Pinterest criada pela linha aérea bmi parece um pouco 2010 demais. A empresa criou cinco boards, com cinco locais diferentes e nove fotos em cada um deles.

Os usuários podem re-pin no máximo seis imagens, e quem mais tiver re-pinned aquelas imagens fica “empatado” na chance de ganhar um voo grátis. O problema com esse modelo “re-pin para ganhar” é que não gera nenhum tipo de engajamento com a marca, é como a cansada fórmula do RT para ganhar, no Twitter. Não é lá muito social.

Fanta esconde personagens em sua Timeline
O lançamento da Timeline no Facebook trouxe obviamente novos desafios para o marketing – assim como novas oportunidades. A Fanta aproveitou a oportunidade escondendo personagens em sua Timeline  :

No dia 29 de fevereiro, a Fanta postou um update dizendo que o ano bissexto tinha tirado o tempo dos eixo, e que quatro personagens da Fanta, Gigi, Lola, Floyd e Tristan tinham sido levados ao passado, e estavam escondidos na Timeline. A primeira personagem a ser escondida era Gigi. Os fãs receberam dicas para identificar em que ano ela estava, e então tinham que dar um “curtir” em uma imagem dela para trazê-la para o presente.

A Fanta – com uma base de fãs de 2,6 milhões– pediu 1,956 “curtir” para trazer o personagem de volta, mas chegou a apenas 900. O aprendizado que fica é que, enquanto é possível fazer coisas bem legais com a nova Timeline, é possível que o engajamento gerado não seja tão alto quanto o esperado.

Heinz lança novo ketchup via Facebook
No ano passado, lançamos o Heinz Limited Edition Ketchup com vinagre balsâmico no Facebook e foi um sucesso. Esse ano, queríamos fazer algo ainda melhor, então, antes que a nova edição limitada chegasse aos supermercados, criamos um jogo onde os fãs podiam ganhar um vidro do novo ketchup, ou comprar um. Sem nenhum tipo de suporte de mídia, 50 mil fãs jogaram o jogo.

A Cruz vermelha lança centro de operações de social media
A Cruz Vermelha lançou um centro de operações de social media , que irá ajudá-los a achar vítimas em momentos difíceis, e oferecer ajuda, assim como recrutar voluntários.

 

Por que não receber os We Are Social por ou ?