We Are Social Mashup #26

por Jéssica Lima em Notícias

As redes sociais cresceram em usuários e em engajamento
A eMarketer publicou um estudo interessante sobre quais países esperam crescer rapidamente este ano em termos de número de usuários nas redes sociais – o crescimento do mercado asiático mais uma vez reforça o quanto isso é importante.


A ciência por trás “Por que os tweets viram viral?”
De acordo com pesquisadores da Universidade de Indiana, a probabilidade de um post ser um viral é maior do que o conteúdo atual ou o nome do autor que iniciou o meme. Os pesquisadores criaram um modelo viral em um rede social com memes famosos e colocaram dentro do programa para ver como é a reação dos usuários na rede. Eles descobriram que o modelo se comportou de forma similar com as verdadeiras redes sociais e mostrou que o acaso desempenha um papel importante para o meme se transformar ou não em um viral.

Fãs do Facebook são os melhores consumidores
Forrester lançou uma parte de uma pesquisa que aborda algo muito importante: os fãs do Facebook são os clientes mais fiéis e defensores, desde que a marca seja verdadeira com eles. Em outras palavras, você consegue criar um relacionamento muito maior com 20.000 fãs que realmente são engajados e que amam a marca, do que com 80.000 fãs que estão lá apenas porque clicaram nos anúncios.

De todos os fatores que limitam o Facebook, ser um Fã de uma página na rede social era de longe a melhor forma para prever se alguém iria comprar, mas a rede acabou ajudando na compra, como o mostra o exemplo da Best Buy:


Domingo é o dia mais social no Facebook

De acordo com Socialbakers, o melhor momento para as marcas se engajarem com os fãs é no domingo. A empresa analisou as atividades dos usuários por semana e hora em mais de 10 milhões de páginas e lugares no Facebook para revelar os dados de alto engajamento das marcas.  As descobertas mais interessantes foram a da indústria de telecomunicações e da comparação entre os posts mais populares de domingo contra os posts feitos durante a semana.


Estudo revela seis coisa que você precisa saber sobre as Fan Pages
Um novo estudo que acompanhou o movimento dos olhos de alguns usuários que visitaram seis páginas no Facebook, sugere que o layout da Timeline é “imperfeito” e que os recursos são ignorados ou despercebidos. Embora seja uma citação forte, a realidade é que o estudo analisou apenas seis marcas. Claro, algumas pessoas podem ignorar a foto da capa – mas esse é o desafio para as marcas: a criação de uma capa interessante, e usando a Timeline para melhorar a sua página no Facebook.

Facebook + Instagram

Facebook anunciou na segunda-feira que eles compraram o Instagram por 1 bilhão de dólares. Mark Zuckerberg anunciou a notícia em seu perfil no Facebook:

Estou animado para compartilhar a notícia que acabamos de adquirir o Instagram e a sua talentosa equipe, agora eles vão fazer parte do Facebook. Por anos, temos focado na construção de uma melhor experiência, para compartilhar fotos com seus amigos e familiares. Agora, seremos capazes de trabalhar com o Instagram e sua equipe para oferecer as melhores experiências em dispositivos móveis, para compartilhar fotos bonitas com pessoas baseadas em seus interesses.

Estamos ansiosos para trabalhar com a equipe do Instagram e com todas as grandes e novas experiências que seremos capazes de construir juntos.

Parece que o negócio estava em negociação há algum tempo, as empresas trabalharam em conjunto nas últimas semanas sobre a integração com o Open Graph.

O lado positivo do negócio para os usuários é que ele permite a implantação do aplicativo na Timeline sem afetar muito os usuários do Facebook, mas a notícia não foi bem acolhida pelos usuários do Twitter, que planejam um #instaExodus nesta sexta-feira, agora se a campanha vai ganhar muito deptos a ponto de deixar o Facebook preocupado é uma dúvida.

Além de tudo isso, o Instagram está em um grande momento, principalmente depois que lançou seu aplicativo para Android, que trouxe 3 milhões de novos usuários a rede. O Instagram é agora a maior rede social móvel do mundo (fora da China) só com 32 milhões de usuários, e pode atingir 50 milhões de usuários até o final do ano.

Atualizações para o Facebook Insights
O Facebook atualizou seu Insights para captar melhor os posts virais, orgânicos e impressões. Eles vão atribuir impressões de posts que vieram do compartilhamento do post original e também vão capturar impressões baseadas no dia ao invés dos últimos 28 dias. Essa última parte é a mais interessante: isso significa que o valor social de um profissional de SEO será mais fácil de se distinguir de um community manager.

Grupo de pesquisa do LinkedIn novo
LinkedIn atualizou o recurso de busca nos 1,2 milhões de grupos que existem na rede. Agora a função procura o conteúdo das conversas e não apenas o título, e ao mesmo tempo mostra quais as conexões que você possui no grupo, tornando-se assim mais fácil de encontrar conteúdo de qualidade que lhe dizem respeito.

Google+ cresce novamente, adiciona Google Analytics e Google Contacts
Rejeitando a contínua inclinação da imprensa que o Google+ é uma cidade fantasma, novos valores apareceram e sugerem que a rede social cresceu 27% em março passando para 61 milhões de visitantes únicos mensais. Certamente seria um bom case, se a imprensa fosse mais positiva sobre o Google+, pois mais pessoas iriam usá-lo.

No entanto, o Google continua tentando deixar o Google+ mais atraente para os profissionais de comunicação: de acordo com os slides vazados, eles pretendem adicionar o Google Analytics para monitorar o crescimento e as visitas nas páginas. Além disso, eles incorporaram o Google Contacts para que quando você clique no perfil de um usuário, seu endereço e detalhes serão visíveis para você, se ele é um amigo seu.

Pinterest continua a crescer
De acordo com a Experian, o Pinterest agora é o 3o rede social mais popular na América batendo o Goolge+ e o LinkedIn. E passou recentemente pela experiência de aumentar 50% do tráfego entre janeiro e fevereiro sozinho.

No entanto, o valor desta pesquisa é limitada – todo mundo sabeo  que Pinterest está crescendo, a questão é até quando? Somente nos próximos seis meses, poderemos ter uma reflexão mais conclusiva.

Tumblr melhora integração com o Facebook
O Tumblr aprimorou a sua integração com o Facebook para que seus usuários possam compartilhar mensagens, respostas e “likes” direto na Timeline do Facebook. Muito legal!

Citroen lança projeto de crowdsourcing
Citroen lançou um aplicativo no Facebook chamado C1 Connexion Project, que vai permitir que os fãs desenhem uma versão do C1 e o desenho mais popular vai para produção. A Citroen permitiu que os usuários personalizem seis elementos do carro, essa é uma das melhores tentativas de crowdsourcing que já vimos.

Nissan Bollywood faz campanha no Facebook
Nissan já lançou um vídeo-campanha de cinco minutos no Facebook recrutando 20 pessoas para estrelar ao lado do ator Bollywood Kapoor Ranbir. A campanha foi um grande sucesso, com 2.300 visitações e vários novos fãs conduzindo a Nissan a um patamar de marca top de carro na Índia.

Parceria da Reebok com o PeerIndex é baseada em reputação
A Reebok fez uma parceria com o PeerIndex para oferecer gratuitamente sessões de personal training e informações sobre tênis para aqueles usuários que são influentes na categoria Fitness. A Reebok visa impulsionar associação positiva da marca e gerar tráfego para o PeerIndex por meio de discussões nas mídias sociais. Já vimos campanhas desse tipo e parece que esta é muito limitada.

Johnson & Johnson fecha página no Facebook devido a comentários negativos
O outro lado de tentar aumentar o envolvimento com a sua marca é que podem existir comentários negativios. Este foi o caso com a Psoriase 360, um produto da Johnson & Johnson, que fechou a sua fan page por causa dos comentários negativos. Eles disseram que lutaram contra as regras para as páginas de Farmacêuticas no Facebook, mas na realidade é que eles não tinham uma estratégia de social media e isso acabou deixando a marca sem atuação na rede social mais importante do mundo.

Por que não receber os We Are Social por ou ?