We Are Social Mashup #30

por Marina Tavares em Notícias

Brasil, o segundo maior país no Facebook.
Foi confirmado pelo SocialBakers: o Brasil superou a Índia e alcançou o posto de segundo maior país no Facebook. Com uma media de 46 milhões de usuários e uma penetração de cerca de 23%, diríamos que essa é a hora do mercado internacional incluir o país em suas estratégias de social media, não?

O impacto do twitter (ele é maior do que você pensa)
Pesquisas sugerem que o Twitter está conseguindo alcançar mais do que os um entre dez americanos que usam o serviço ativamente. A pesquisa revela que entre quatro e dez americanos, ou mais,  ouvem ou lêem sobre tweets quase todos os dias na mídia.  Os números reforçam a importância do Twitter como uma rede de difusão,  seja para marcas que procuram divulgar suas mensagens ou marcas que visam combater uma crise em potencial nas redes sociais.

 

Atendimento ao consumidor ruim nas redes? Você perdeu uma venda!
Um novo relatório divulgado pela American Express, explorando as preferências e atitudes em relação aos SACs, confirmou o valor das mídias sociais como uma ferramenta de atendimento ao consumidor.  O estudo revelou o mau atendimento nas mídias sociais fez com que 83% dos usuários que usam as redes para questões de SAC optaram por não efetuar a compra.  O estudo também revelou que estes usuários também são muito sociáveis quando o assunto é um atendimento ruim, compartilhando-o com uma media de 53 outros usuários.

Facebook: popular entre os usuários de mobile.
Embora a maioria das pessoas já esperem que o mobile tenha um papel importante no futuro do Facebook,  uma pesquisa realizada pela comScore ressalta o quão importante o mobile realmente é: em março, os usuários passaram cerca de 7.35 horas no app e na página mobile da rede, colocando o Facebook muito a frente de concorrentes como o Twitter e o Foursquare.

Relatório divulga os principais segmentos do Facebook.
O SocialBakers divulgou um relatório indicando as 10 principais indústrias do Facebook, assim como as marcas dentro de cada setor. Marcas automotivas e alcoólicas se destacaram como os setores com maior engajamento e crescimento de base de fãs.

Facebook define data para seu IPO
Após o lançamento de uma exposição itinerante, comandada por Mark Zuckerberg, na semana passada,  fontes no Vale do Silício informaram que as ações do Facebook vão ser disponibilizadas na bolsa de valores norte-americana na próxima sexta-feira, dia 18 de maio.

Facebook divulga dados sobre seu app mobile, incorpora “links de ação” e compra  plataforma de geo-localização
O Facebook developer blog revelou na semana passada o tráfego gerado para os aplicativos mobile: 160 milhões de usuários, apenas no último mês (um aumento de 100 milhões desde Fevereiro). O impacto da integração da funcionalidade do Facebook é exposta ainda mais ao analisar os apps mais lucrativos para mobile: 7 dos 10 primeiros apps para IOS e 6 dos 10 principais apps para Android são integradas com a plataforma. O Facebook sugere que recursos como o Single Sign On e o Open Graph tenham sido os responsáveis pelo crescimento fenomenal de apps como o Viddy, plataforma IOS de compartilhamento de vídeos, que atualmente conta com mais de 16 milhões de usuários cadastrados.

Outra notícia que pode interessar às marcas: o Facebook re-introduziu os “links de ação”, os links customizáveis que oferecem às marcas uma forma de engajamento mais simples com os apps, aumentando o potencial viral de cada história. O Foursquare foi o primeiro a se beneficiar dessa nova funcionalidade, incluindo o link de “salvar esse lugar” em seus posts de check-in. Ao clicar em um “link de ação”,  um post será compartilhado na sua Timeline. Anteriormente, os usuários podiam curtir ou comentar em uma atividade, ou clicar para visitar o app. No entanto, não haviam calls-to-action específicos para apps que funcionassem dessa maneira.

Agora, todo mundo pode participar da brincadeira de fotos vintage pois, mesmo tendo comprado o Instagram, o Facebook não se esqueceu dos usuários que não possuem um smartphone: foi lançado um app que oferece opções de filtros para suas fotos.

Ataque aos Foursquare? O Facebook adquiriu recentemente um app de localização: o Glancee. Embora a rede de Mark Zuckerberg tenha adotado sua tática habitual de não se declarar sobre o assunto, a compra se encaixa perfeitamente com a estratégia da plataforma de se basear cada vez mais em localização – indo alem do bom e velho check-in, se concentrando na possibilidade de usuários compartilharem suas localizações passadas, atuais e futuras.

Mais um marco para o Instagram: 50 milhões de usuários cadastrados
A CNet alega que o Instagram alcançou 50 milhões de usuários, e continua ganhando cerca de 5 milhões de usuários por semana.  Ao que parece, o crescimento da rede não estagnará tão cedo,  uma vez mais de 100,000 fotos foram compartilhadas pela rede que desde o anuncio que os usuários vão poder postar suas fotos no Sina Weibo.

Open Graph ou ”esteróides para start-ups”
Um estudo recente sobre como o Facebook ajudou a acelerar o crescimento para apps como o Pinterest, Viddy e SocialCam, evidenciou ainda mais o impacto causado pelo Open Graph do Facebook. Os riscos associados com esse crescimento acelerado e dependência da plataforma do Facebook também estão ficando cada vez mais evidentes. Basta olhar para a recente queda em usuários ativos do Pinterest – atribuída à decisão do Facebook de desabilitar a função de auto=publicação.

Por outro lado, a reputação do Pinterest como um condutor significante de vendas continuar a crescer.  De acordo com a joalheria Bottica, o Pinterest é responsável por 10% das vendas, enquanto o Facebook é responsável por apenas 7% das vendas. Mais importante do que isso: os consumidores vindos do Pinterest tendem a gastar o dobro do valor gasto por consumidores vindos do Facebook. Isso mostra que talvez o Pinterest realmente seja usado como uma forma de descobrir novos produtos.

Twitter personaliza a aba #Descobrir
O Twitter está prestes a lançar um novo design com maior personalização da aba #Descobrir nas próximas semanas. Ele irá adicionar sinalizações nos tweets mais populares entre as pessoas que você segue. Essa sinalização permite você ver todas as histórias (tweets populares) para serem exibidas ou não. Com o novo design, você também poderá ver quem twittou sobre um determinado assunto, fazendo com que os tweets tenham um contexto mais social.

Google+ Hangouts On Air, disponível para usuários do mundo todo
Agora, o mundo inteiro pode ouvir o que você tem a dizer. Com a disponibilização do recurso Hangouts On Air do Google+ para todos os usuários, você vai poder transmitir sua mensagem ao vivo e publicamente através do Google+, YouTube ou outro website, ter acesso à dados de visualização, gravar e compartilhar sua mensagem.

Foursquare oferece reservas nos restaurantes dos EUA
Foursquare lançou uma função para fazer reservas em restaurantes por meio de uma parceria com o app do OpenTable, um site dos EUA que faz reservas online e possui mais de 15.000 restaurantes parceiros espalhados pelos EUA. É uma parceria conveniente para os usuários e outro incentivo para os donos de restaurantes manter suas presenças no Foursquare. Espero que essa função venha logo para o Brasil!

LinkedIn afirma o lugar do B2B e adquire SlideShare
A HubSpot indica que o LinkedIn é o lugar para ter conversas de B2B. Em 2011, o LinkedIn gerou uma taxa de 2.60% de conversões de usuários, em média quatro vezes maior que o Twitter (0,67%) e sete vezes maior que o Facebook (0,39%). O LinkedIn também está crescendo mais rapidamente do que estes dois rivais, mas recentemente caiu em relação a atividade mensal do usuário.

Mais importante, porém, foi o anuncio feito pelo LinkedIn na semana passada, confirmando a compra do SlideShare, rede de compartilhamento de conteúdos profissionais, por cerca de U$120 milhões. Em Marco, o SlideShare recebeu cerca de 29 milhões de visitantes únicos e, atualmente, conta com um banco de dados de 7.4 milhões de apresentações. O CEO do SlideShare, Rashmi Sinha, fez uma observação importante: ele vê o LinkedIn como uma verdadeira rede social e não como um simples banco de dados online de CVs. Esse é o grande triunfo do LinkedIn.

Man City VS Man United alcança um milhão de tweets
Os eventos esportivos continuam populares no Twitter: após o numero impressionante de tweets gerados pela partida entre o Barcelona e o Chelsea, dados da Synomos indicam que a partida entre o Manchester City e o Manchester United recebeu cerca de 1 milhão de menções no twitter.

Nutella: louca pelo Facebook
A Nutella anunciou que seus Facebook Ads superaram o desempenho dos anúncios de TV em uma campanha recente. A Ferrero atribuiu 15% das vendas da sua campanha de natal ao Facebook, canal que apresentou o maior ROI da campanha. Digamos que as mídias sociais ajudaram a empresa a “espalhar” sua história.

Der Big Mäc: o hambúrguer crowdsource do Mcdonalds Alemão
O Mcdonalds vai criar seu primeiro hambúrguer crowdsource, em homenagem aos seus 40 anos na Alemanha. A campanha do “Mein Burger” incentivou os fãs a criar seu próprio hambúrguer através de um “construtor online de hambúrgueres”, batizá-lo e disponibilizá-lo para votação pública. Após os 100 mil hambúrgueres criados terem recebido 5 milhões de votos, o vencedor foi anunciado: o ‘Pretzelnator’. Segundo o Mcdonalds, um entre quatro Alemães participaram da votação.

Republicanos aumentam investimento em mídias sociais
A equipe digital do RNC, Comitê Nacional Republicano, criou o app ‘Social Victory Centre’, o primeiro do seu gênero no setor político. Partindo do principio que a política é essencialmente social, o partido espera que o app amplifique as tendências naturais de compartilhamento como, por exemplo, a recomendação de artigos.

Por que não receber os We Are Social por ou ?